quarta-feira, 20 de março de 2013

Aluno da Educação a Distância – Autonomia que dá resultado

Olá queridos(as), trago aqui um aritgo postado no Canal do Ensino sobre EaD e a  autonomia do estudante! Aproveitem.
 
 
(Reprodução)
 
A autonomia do aluno EAD e seus benefícios ao mercado de trabalho.
Antes de traçarmos um paralelo entre a autonomia do aluno e as vantagens que o mercado de trabalho virá a ter contratando esse profissional, vamos a um breve conceito de autonomia.
Para Piaget (1998) O aluno que possui autonomia não preenche sua memória com avalanches de conhecimento, mas utiliza os ensinamentos de forma relevante para tomar decisões ativamente.
Esse é o perfil do aluno EAD, os cursos na modalidade superior tecnológica a distancia (não confundir com curso técnico) são formatados para atender as necessidades do profissional e do mercado de trabalho. O aluno que ingressa em uma dessas opções já tem um foco, ou seja, tomou a decisão sobre quais conhecimentos serão úteis para que ele possa resolver os desafios do trabalho. Esse profissional quer desenvolver a sua carreira aperfeiçoando seus conhecimentos passados de acordo com as necessidades do cenário em que ele atua.
Delegar para um profissional que está realmente focado e apto a tomar decisões de modo autônomo (profissional e maduro), facilita e muito a “vida” do nível gerencial e institucional. Agregando esse valor humano, às organizações criam um diferencial com relação as que não flexibilizam a sua forma de seleção. Aproveitem esse potencial, destaque a sua empresa. Obrigado pela leitura.
 
Fonte: PIAGET, J. A psicologia da criança. Ed Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998. Administradores
 
Curta o Canal do Ensino também no Facebook e siga os posts no @canaldoensino.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por deixar seu comentário. Sua contribuição será muito importante na reconstrução do meu conhecimento!