Postagens

Mostrando postagens de 2018

"APRENDER NA CIDADE Livro leva crianças a uma jornada sobre arquitetura, espaço público e cidade educadora"

Reprodução:

"Lina é uma menina ávida por aprender e a cidade educadora é sua maior aventura. A heroína que partilha o nome com a grande arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, percorre espaços públicos do Brasil e outros países, se deparando com experiências urbanas que têm a criança como paradigma de uma cidade para todos. Acompanhada por uma fiel escudeira capivara, ela conhece um viaduto que virou parque suspenso, uma praça colorida e ruas cuja única função é a do brincar."

Leia na íntegra:
http://portal.aprendiz.uol.com.br/2018/05/16/livro-leva-criancas-a-uma-jornada-sobre-arquitetura-espaco-publico-e-cidade-educadora/

As brincadeiras no cotidiano escolar

"A complexidade do pensamento infantil é expressa nas atividades produzidas pelas crianças, com destaque no brincar, que é a atividade principal na infância. Por meio dele a criança aprende de forma mais significativa. A aprendizagem ocorre permeada por diversas linguagens, e a linguagem das brincadeiras se destaca na infância, período de maior desenvolvimento do ser […]"
Leia na íntegra:

As brincadeiras no cotidiano escolar

O Projeto Ludimídia!

Imagem
Olha que projeto bacana que conheci hoje! 💗


(Reprodução!)


O Projeto Ludimídia é um Labortatório virtual de artes, mídias e tecnologias sediado no endereço ludimidia.org ,destinado a proporcionar experiências com arte, mídia, artesanato, comunicação visual, audiovisual  voltadas para a prática educativa.
O espaço é acessível a todos, bem como as informações disponibilizadas.
Toda a produção e seus processos de pesquisa estão sob a forma deLicencenciamento do CreativeCommons: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.0/br/ .



Saiba mais direto no site do projeto: http://ludimidia.blogspot.com.br/

#mídiadigital #arte #letramentodigital #letramentodigitalemassa

Edital apoia projetos para combater discurso de ódio na internet

(Reprodução!) Edital apoia projetos para combater discurso de ódio na internet Nos últimos doze anos, a Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos recebeu quase 4 milhões de denúncias anônimas de 701.224 páginas virtuais acusadas de compartilhar conteúdos que expressam intolerância religiosa, homofobia, maus tratos contra animais, pornografia infantil, apologia e incitação a crimes, tráfico de pessoas, neo nazismo, xenofoboia e racismo. Para combater o discurso de ódio na internet, a SaferNet – organização que promove a orientação para o uso seguro do meio digital –, em parceria com o Google e a UNICEF Brasil, lançou um laboratório de ideias que irá apoiar projetos de adolescentes e jovens que valorizam o diálogo e o respeito à diversidade. Chamado de SaferLab, o projeto pretende estimular a produção de contranarrativas para o discurso de ódio e a discriminação online. Diante de um cenário de polarização e intolerância crescente, o laboratório irá oferecer um mês de formação vi…